Seguidores

29 de jan de 2010

É o meu amor...



A chuva que cai no silêncio da noite;
na janela do meu quarto me leva a sonhar.
O vento tão frio que toca meu rosto,
de longe eu escuto o múrmurio do mar...
O vai- e- vém suave das ondas,
embalam meu sonho e me fazem cantar.
Em versos e prosas eu grito teu nome,
que as nuvens no céu começam a chorar...
Na brisa fria que sopra gotas de orvalhos,
com o vento eu vou, o seu corpo abraçar...
um afago em tua face, beijando teus olhos
e minhas mãos em teu corpo levemente a tocar...
E os pingos de chuvas que teimam em cair
sobre o meu olhar perdido no infinito...
a noite tão fria me faz pensativa
e a brisa que passa me faz delirar...LinkInquieta eu vejo uma sombra de luz,
saindo das águas cristalinas do mar,
murmurando baixinho ele chama o meu nome:
é o meu amor, que em meus sonhos está...
(fatima fontenelle)
29/01/10

Um comentário:

  1. Lindos versos! O que mais me impressiona é o brilho do seu olhar! Olhar de garotinha! É muito bom amadurecer sem perder esse brilho! Parabens!
    Vim te oferecer um "selino" que ganhei da minha amiga que é escritora. Gostaria de oferecer a você! Só tem que copiar e postar no seu blog, indicando mais cinco blog para recebê-lo.
    Espero que aceite.
    Um abraço
    Marineide

    ResponderExcluir

A menina que fui um dia

A menina que fui um dia

Nosso perfume solto ao vento

Nosso perfume solto ao vento

Sou assim.....

Sou assim.....
Mulher... Menina....E um sonho!

Almas que se encontram...

Almas que se encontram...

tem dias

tem dias
Tem dias que sou eu mesma, em outros não sei quem sou. Tem horas que sou saudade e em outras sou só amor! (fatima fontenelle)

Lembro Você!

Lembro Você!
Na penumbra do meu quarto lembro você, vejo nós dois, nossos corpos, nossos delírios e nossa entrega. (fatima fontenelle)

Eu aprendi....

Eu aprendi....
Aprendi que não existe felicidade plena, existem momentos felizes e que o amor não resisti ao tempo, adormece para acordar tarde demais.... (fatima fontenelle)

eu sempre eu

eu sempre eu
Um pouquinho da criança que existe em mim......

Acordei triste....

Acordei triste....
Acordei tão triste, com saudade de você; que sumiu de minha vida, sem nada me dizer. Meus dias estão longos; minhas noites sem luar, minha cama está vazia; nos meus braços não estás. No meu pensamento, te procuro e te encontro; nos meus sonhos é teu lugar. No meu coração fazes morada; no meu carinho teu prazer; e nos meus beijos teu calor. O meu corpo clama o teu; o teu cheiro tá em mim . e minha entrega é um êxtase de desejo e de amor. De repente eu acordo e do meu sonho eu desperto, e você não mais está. (fatima fontenelle)