Seguidores

7 de set de 2012

Desapego

Desapego...
Desapegos que desencantam,
deixando às soltas minhas ilusões;
desapegando-me dos meus amores,
estou sorrindo, em liberdade, então...
Apegos arraigavam minha vida,
descondensando minhas emoções;
estou agora livre... Desapegada;
minha alma voa sem direção...
Batendo asas em vôos rasantes;
no silêncio da quietude do infinito;
por entre nuvens e sobre mares...
arremessa ao vento minhas paixões...
Na calmaria de sentimentos,
pulsa serenamente meu coração;
agora dentre novas quimeras,
sou pássaro livre na imensidão...
(fatima fontenelle)
07.09.12

26 de jul de 2012

Amar é...
ter você e não poder tocar.
Amar é...
dormir pensando em você
e acordar com você no pensamento.
Amar é...
olhar para o céu e vê você em cada estrela.
Amar é...
ser um vulcão em erupção
e uma tempestade de desejos.
Amar é...
respirar você.
Amar é...
querer ficar perto e envelhecer junto.
Amar é...
você e eu olhando um para o outro.
Amar é...
quando não dar mais pra disfarçar.
(fatima fontenelle)

25 de jul de 2012

Tem gente que vive apenas do presente,  
esquece de onde veio e mais ainda, pra onde vai...
(fatima fontenelle)
25/07/12

30 de jun de 2012

Num pequeno gesto, perde-se toda a admiração que se tinha por alguém...
(fatima fontenelle)

2 de jun de 2012


Num abraço de mulher...

Eu quero um abraço
dengoso e cheio de graça
faceiro, safado, gostoso,
meloso, grudento, atrevido...

Eu quero um abraço
assim de menino carente
um abraço jeitoso, esperto
sapeca, arteiro, manhoso...

Eu quero um abraço
de todas as formas e jeitos
acanhado, suave, meloso
alvoroçado, traquino, buliçoso...

Ah! Eu quero um abraço
que venha de longe pra mim
desmedido, felino, apaixonado
um abraço num abraço de mulher...
(fatima fontenelle)
30.05.12

30 de mai de 2012

Envelheci... Meus cabelos brancos, minha pele enrugada, meu sorriso alegre?... Esqueci! Meu olhar... Não tem mais o brilho da mocidade, minhas mãos trêmulas, meu corpo frágil, meu caminhar agora lento... Estenda-me a mão!... Sonhos... Antes era alegria, alegria de alguém... sonhei, sorri, sofri e também chorei, mas tinha sonhos, construí castelos, Dentro dos quais fui rei, fui rainha e também amei... Ausências... Minha casa não tem presenças; minha mesa está vazia, só ausências; sinto medo; agora sou de novo criança; cuida de mim! Não me abandones, não!... (Fátima Fontenelle)

25 de fev de 2012

Mulher!


Criança, menina... Um dia Mulher!
Chorei, sorri, batalhas venci... Amei!
No auge da minha amadurecência cheguei;
sou liberdade, estou completa e ainda mais Mulher!
(fatima fontenelle)

9 de fev de 2012

Cicatrizes


Num encontro com um olhar
desnudei meu coração...
busquei tão longe, no infinito
fragmentos de uma ilusão...
Em sonhos eu fui te encontrar
com o seu jeito, sem jeito de amar...
saudades contidas em meu peito,
vagavam inquietas me fazendo chorar...
Deixei cair como pétalas no chão...
meu pranto molhado somente...
e na areia escrevi o teu nome
em versos de uma linda canção...
teus olhos relembro em segredo;
meu olhar de encontro ao teu...
cicatrizes deixadas em meu corpo,
do teu corpo grudado no meu...
(fatima fontenelle)

5 de fev de 2012

Fragmentos




A paixão que assola meus dias
em pedaços minha vida deixou,
desatina minha mente iludida,
fragmenta a minha razão...

Essa dor que aperta o meu peito
de incontidos desejos de amor,
desinquieta minha alma menina;
já não sei mais nem mesmo quem sou...

Metade de mim não existe
a outra metade, não sei...
meu corpo pequeno padece
e entorpece o meu coração...

E assim, minha alma entristece...
sou escrava de uma insana paixão;
busco em mim o meu "eu" por inteiro;
não me encontro, estou perdida, então...
(fatima fontenelle)

1 de fev de 2012

Te amo...


Eu te amo
de todas as formas
te todos os jeitos,
em todos os lugares,
em todos os tempos:
ao amanhecer
eu te amo,
ao entardecer
eu também te amo,
no por do sol
ainda te amo,
ao anoitecer
sei que te amo
e nos meus sonhos
simplesmente te amo...
Te amo
quando penso que não te amo,
na incerteza
acredito que te amo,
no impulso,
impulsivamente eu te amo.
Na saudade,
eu juro que te amo.
No esquecimento
eu lembro que eu te amo.
Inconscientemente,
sou consciente que eu te amo.
Te amo infinitamente,
de todas as maneiras,
com todos os meus sentidos,
com todas as minhas emoções...
Te amo tanto, tanto, tanto
que meu canto
tua vida encanta!
(fatima fontenelle)
2009

29 de jan de 2012

De encontro...



De encontro com os meus desencontros
te encontro de encontro com as águas do mar
e de encontro ao vento e às folhas que caem
te revelo segredos que trago no olhar...
te encontro de encontro com brisa que passa
e nos pingos da chuva que cai sobre o mar
no orvalho que molha suave meu rosto
assim te encontro sozinho a sonhar...
Te encontro de encontro com a noite vazia,
de encontro com o crepúsculo que vem do luar,
no encontro com a lua eu te encontro sorrindo
e com teu sorriso, o desejo de amar...
Te encontro de encontro com o infinito,
nas pétalas que caem eu te vejo chorar...
é o encontro da minha saudade com a tua,
querendo minha alma tua alma encontrar...
(fatima fontenelle)


Eu aprendi
a olhar para mim mesma e falar:
valeu a pena!
Eu aprendi
a dizer ao meu coração
que amar foi o melhor caminho;
Eu aprendi
Vê nos olhos das pessoas que amo
que de tudo fica algo indestrutível e belo;
Eu aprendi
que muitas vezes o silêncio,
signfica bem mais que palavras e gestos;
Eu aprendi
que às vezes é necessário o sofrimento
para crescermos interiormente;
Eu aprendi
que sonhar é o primeiro passo
para a realização de um sonho;
Eu aprendi
que nossos verdadeiros amigos
nos fazem fortes quando estamos fragilizados;
Eu aprendi
que ser amigo, é silenciar, é calar e compreender
quando emudecemos;
Eu aprendi
que muitas vezes nem sempre está só quer dizer,
está desacompanhado;
Eu aprendi
que é essencial e imprescindível
dizer eu te amo!
Eu aprendi
Que a vida é o nosso bem maior
e que DEUS é a nossa LUZ,
nossa FORÇA e nosso CAMINHO.

(fatima fontenelle)

A menina que fui um dia

A menina que fui um dia

Nosso perfume solto ao vento

Nosso perfume solto ao vento

Sou assim.....

Sou assim.....
Mulher... Menina....E um sonho!

Almas que se encontram...

Almas que se encontram...

tem dias

tem dias
Tem dias que sou eu mesma, em outros não sei quem sou. Tem horas que sou saudade e em outras sou só amor! (fatima fontenelle)

Lembro Você!

Lembro Você!
Na penumbra do meu quarto lembro você, vejo nós dois, nossos corpos, nossos delírios e nossa entrega. (fatima fontenelle)

Eu aprendi....

Eu aprendi....
Aprendi que não existe felicidade plena, existem momentos felizes e que o amor não resisti ao tempo, adormece para acordar tarde demais.... (fatima fontenelle)

eu sempre eu

eu sempre eu
Um pouquinho da criança que existe em mim......

Acordei triste....

Acordei triste....
Acordei tão triste, com saudade de você; que sumiu de minha vida, sem nada me dizer. Meus dias estão longos; minhas noites sem luar, minha cama está vazia; nos meus braços não estás. No meu pensamento, te procuro e te encontro; nos meus sonhos é teu lugar. No meu coração fazes morada; no meu carinho teu prazer; e nos meus beijos teu calor. O meu corpo clama o teu; o teu cheiro tá em mim . e minha entrega é um êxtase de desejo e de amor. De repente eu acordo e do meu sonho eu desperto, e você não mais está. (fatima fontenelle)