Seguidores

9 de out de 2011

No teu olhar

3 comentários:

  1. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Azues. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá flor passando pra conhece seu blog , e adorei tudo vc esta de parabéns estou seguindo vou adora ter vc no meu blog beijos flor

    http://rosanadicasfemininas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Fátima, que textos gostosos encontro por aqui. A noite tem essa magia do encontro...
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

A menina que fui um dia

A menina que fui um dia

Nosso perfume solto ao vento

Nosso perfume solto ao vento

Sou assim.....

Sou assim.....
Mulher... Menina....E um sonho!

Almas que se encontram...

Almas que se encontram...

tem dias

tem dias
Tem dias que sou eu mesma, em outros não sei quem sou. Tem horas que sou saudade e em outras sou só amor! (fatima fontenelle)

Lembro Você!

Lembro Você!
Na penumbra do meu quarto lembro você, vejo nós dois, nossos corpos, nossos delírios e nossa entrega. (fatima fontenelle)

Eu aprendi....

Eu aprendi....
Aprendi que não existe felicidade plena, existem momentos felizes e que o amor não resisti ao tempo, adormece para acordar tarde demais.... (fatima fontenelle)

eu sempre eu

eu sempre eu
Um pouquinho da criança que existe em mim......

Acordei triste....

Acordei triste....
Acordei tão triste, com saudade de você; que sumiu de minha vida, sem nada me dizer. Meus dias estão longos; minhas noites sem luar, minha cama está vazia; nos meus braços não estás. No meu pensamento, te procuro e te encontro; nos meus sonhos é teu lugar. No meu coração fazes morada; no meu carinho teu prazer; e nos meus beijos teu calor. O meu corpo clama o teu; o teu cheiro tá em mim . e minha entrega é um êxtase de desejo e de amor. De repente eu acordo e do meu sonho eu desperto, e você não mais está. (fatima fontenelle)